jusbrasil.com.br
27 de Janeiro de 2022
2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região TRT-4 : ROT 0020963-24.2017.5.04.0381

Detalhes da Jurisprudência
Órgão Julgador
10ª Turma
Julgamento
25 de Outubro de 2019
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

JULGAMENTO CITRA PETITA.

Caso em que o julgador de origem ignorou o pedido expresso para pagamento de adicional de insalubridade formulado entre os fundamentos da petição inicial, configurando julgamento citra petita. Determinado o retorno dos autos à origem para que o pedido de adicional de insalubridade seja apreciado pelo juiz de primeiro grau, sob pena de supressão de instância. Recurso ordinário da reclamante provido no aspecto.

Acórdão

Vistos, relatados e discutidos os autos. ACORDAM os Magistrados integrantes da 10ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região: por unanimidade, DAR PARCIAL PROVIMENTO AO RECURSO ORDINÁRIO DA RECLAMANTE para reconhecer o julgamento citra petita, e para determinar o retorno dos autos à origem para julgamento do pedido de adicional de insalubridade. Intime-se. Porto Alegre, 24 de outubro de 2019 (quinta-feira).Cabeçalho do acórdãoAcórdão
Disponível em: https://trt-4.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/773752482/rot-209632420175040381

Informações relacionadas

Sentenças citra petita, ultra petita e extra petita

Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região
Jurisprudênciahá 7 meses

Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região TRT-1 - Recurso Ordinário Trabalhista : RO 00108341720155010056 RJ

Tribunal Regional do Trabalho da 20ª Região TRT-20 : 0000828-40.2019.5.20.0004