jusbrasil.com.br
2 de Dezembro de 2021
2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região TRT-4 : ROT 0020953-04.2017.5.04.0664

Detalhes da Jurisprudência
Órgão Julgador
8ª Turma
Julgamento
19 de Setembro de 2019
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

ATIVIDADE EXTERNA. CONTROLE DE JORNADA.

O empregado que realiza atividade externa, compatível com a fixação e controle de jornada, não se enquadra na exceção do art. 62, I, da CLT, fazendo jus ao pagamento das horas extras laboradas.

Acórdão

Vistos, relatados e discutidos os autos. ACORDAM os Magistrados integrantes da 8ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região: por unanimidade, DAR PROVIMENTO PARCIAL AO RECURSO ORDINÁRIO DO RECLAMANTE para, observados os critérios definidos na fundamentação, condenar a reclamada ao pagamento de: a) horas extras excedentes da 8ª diária e da 44ª semanal, acrescidas do adicional legal ou normativo (se mais benéfico), com reflexos em repousos semanais remunerados e feriados, 13º salários, férias com 1/3 e FGTS; b) horas extras pelo trabalho em um domingo ao mês, com adicional de 100% ou normativo (se mais benéfico), com reflexos em repousos semanais remunerados e feriados, 13º salários, férias com 1/3 e FGTS; c) absolver o reclamante da condenação ao pagamento de honorários sucumbenciais. Por unanimidade, rejeitar o pedido de aplicação da pena de litigância de má-fé ao autor, formulado pela reclamada nas contrarrazões. Autorizam-se os descontos previdenciários e fiscais. Juros e correção monetária, na forma da lei. Valor da condenação que se arbitra em R$ 15.000,00, com custas de R$ 300,00, revertidas à reclamada. Intime-se. Porto Alegre, 18 de setembro de 2019 (quarta-feira).Cabeçalho do acórdãoAcórdão
Disponível em: https://trt-4.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/759720115/rot-209530420175040664

Informações relacionadas

Tribunal Superior do Trabalho TST : ARR 1657-55.2012.5.06.0101

Tribunal Superior do Trabalho
Jurisprudênciahá 7 anos

Tribunal Superior do Trabalho TST - RECURSO DE REVISTA : RR 1169-80.2011.5.05.0031

Tribunal Superior do Trabalho TST - RECURSO DE REVISTA : RR 1169-80.2011.5.05.0031