jusbrasil.com.br
2 de Dezembro de 2021
2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região TRT-4 - Recurso Ordinário Trabalhista : ROT 0020123-10.2016.5.04.0232

Detalhes da Jurisprudência
Órgão Julgador
7ª Turma
Publicação
24/05/2018
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

RECURSO ORDINÁRIO DA AUTORA. TENDINOPATIA NO OMBRO DIREITO E LESÕES NA COLUNA. AUSÊNCIA DE NEXO CAUSAL OU CONCAUSAL COM O TRABALHO.

Caso em que a prova pericial médica e ergonômica, não infirmada por outros elementos de prova, foi conclusiva quanto à inexistência de nexo causal ou concausal entre o trabalho e o quadro clínico da autora. Constatada a preexistência dos sintomas decorrentes das lesões alegadas à admissão da empregada, sem queo trabalho junto à ré tenha contribuído para o agravamento do seu quadro de saúde, impõe-se o indeferimento das pretensões indenizatórias. Recurso desprovido.

Acórdão

Vistos, relatados e discutidos os autos. ACORDAM os Magistrados integrantes da 7ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região: por unanimidade, NEGAR PROVIMENTO AO RECURSO ORDINÁRIO DA AUTORA (HELENA). Intime-se. Porto Alegre, 24 de maio de 2018 (quinta-feira).Cabeçalho do acórdãoAcórdão
Disponível em: https://trt-4.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/1105016864/recurso-ordinario-trabalhista-rot-201231020165040232